Fiel bate recorde de público na Arena, Timão vence Palmeiras e volta a abrir 6 pontos na liderança

0

 

Acabou a série de quatro jogos sem vitória no Brasileirão. Na tarde deste domingo, na Arena Corinthians, o Timão fez um primeiro tempo sólido, marcou seus três gols e derrotou o Palmeiras, por 3 a 2, e fechou 2017 com 100% de aproveitamento no Derby (três vitórias em três confrontos). De quebra, ainda viu a Fiel lotar o estádio com o recorde de público de 46.090 pessoas.

Corinthians escalado: Para encarar o Palmeiras no Derby deste domingo (05), Fábio Carille promoveu duas alterações na equipe titular. Desta forma, o Timão foi a campo com Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Camacho; Rodriguinho, Romero e Clayson; Jô.

Chegada alvinegra: Aos seis minutos, Jô recebeu de Arana e bateu para fora. No tiro de meta, o Timão fez pressão e recuperou a bola já na entrada da área do Palmeiras. O camisa 7 serviu Rodriguinho que bateu de esquerda para a defesa de Fernando Prass.

Timão no ataque: Aos 15, Fagner acionou Romero pela direita. O paraguaio girou sobre a marcação, invadiu a lateral da área e cruzou para Rodriguinho que bateu de primeira por cima do gol. Dois minutos depois, Fagner experimentou de fora da área e acertou uma pancada defendida por Prass.

Gol de Romero: Aos 27 minutos, em descida pela esquerda, Arana enfiou para Rodriguinho invadir a área e bater cruzado. A bola atravessou a área e encontrou o paraguaio que balançou as redes.

Vantagem ampliada: No lance seguinte, Rodriguinho arrancou do meio e deixou Jô na cara do gol. Ele tentou cavar sobre Prass que mandou para escanteio. Na cobrança, Rodriguinho desviou e Balbuena em cima da linha empurrou para dentro.

Gol do Palmeiras: Já aos 35 minutos, o Palmeiras diminuiu o prejuízo com gol de cabeça de Mina após escanteio.

Não deu nem para comemorar: Menos de três minutos após sofrer o gol, o Corinthians voltou a marcar. Jô foi lançado por Fagner e sofreu pênalti de Edu Dracena. O artilheiro do Timão foi para a bola e não desperdiçou.

Começa a segunda etapa: Logo aos quatro minutos, Clayson cobrou falta na lateral direita e Balbuena cabeceou para fora levando muito perigo ao gol adversário.

Mudança no Corinthians: Aos 21 minutos, Gabriel, que já estava amarelado, deu lugar a Maycon. Timão mantinha o controle do jogo e não sofria riscos.

Gol do Palmeiras: De novo em cobrança de escanteio, aos 23 minutos, o adversário voltou a diminuir. Após confusão na área, Moisés aproveitou a sobra e acertou o gol de Cássio.

Resposta imediata: No lance seguinte, Rodriguinho se livrou bem da marcação e achou Arana disparado. O lateral invadiu a área, foi desarmado, mas a bola ficou para Romero bater de fora e colocar Prass para trabalhar. Aos 30 minutos, Jô ganhou pelo alto na intermediária, Romero enfiou para Rodriguinho que bateu para nova defesa do goleiro.

Fellipe Bastos e Jadson em campo: Aos 36, Camacho deixou o duelo e para o seu lugar entrou o também volante Fellipe Bastos. Três minutos depois, Jadson herdou a vaga de Clayson.

#NuncaFoiFácil: Nos minutos finais do duelo, o Palmeiras veio com tudo para cima do Corinthians que se segurou de todas as maneiras até o apito final, aos 51 minutos do segundo tempo.

Próximo compromisso: Na quarta-feira (08), às 21h45 (de Brasília), o Corinthians visita o Atlético-PR na Arena da Baixada pela 33ª rodada do Brasileirão.

Agência Corinthians.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário

stope